Contador Visitas

mod_jvcounter mod_jvcounter mod_jvcounter mod_jvcounter mod_jvcounter mod_jvcounter
36
93
800
2493
376934
22 January 2017 07:01 AM
1



Cruzeirinho Futebol Clube
Liverpool bate Everton com gol nos acréscimos e mantém vice-liderança Imprimir E-mail

http://s2.glbimg.com/bE3JUQwErZpvI45-16zD5V78w5o=/53x0:1130x765/320x227/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/12/19/mane1.jpg

Em um clássico tenso, muito estudado e com emoção de sobra, o Liverpool bateu o rival Everton, por 1 a 0, com gol de Sadio Mané, aos 49 minutos do segundo tempo, nesta segunda-feira, no Goodison Park, estádio do Everton.

Com o resultado, os Reds reassumiram a vice-liderança da Premier League, no lugar do Manchester City, que venceu o Arsenal no último domingo. O Chelsea lidera, com 43 pontos. O Everton estacionou nos 23 pontos, na nona posição.

O clássico foi pegado do início ao fim. O Everton teve mais posse de bola no primeiro tempo, mas o Liverpool pressionou muito mais na etapa final, mesmo fora de casa.

O brasileiro Roberto Firmino ficou perto de balançar a rede em ótima finalização, mas parou na defesa do goleiro Robles, que substituiu o titular Stekelenburg, machucado. Firmino chegou a vencer Robles em outra oportunidade, mas seu gol foi salvo por Coleman, que evitou bola na rede certa com um carrinho na hora exata.

O gol de Mané saiu aos 49 minutos do segundo tempo, após excelente jogada de Sturridge, que havia entrado aos 37. Ele cortou da direita para o meio, abriu espaço e finalizou na trave. No rebote, Mané completou para a rede: explosão com festa da torcida do Liverpool, e incredulidade dos torcedores do Everton. Ao som da clássica música "You'll never walk alone", eles festejaram a vitória no Goodison Park, casa do rival.

 
Pretendido pelo Corinthians, Rueda fica no Nacional, diz jornal colombiano Imprimir E-mail

http://s2.glbimg.com/lk0vp8R_K6knoescBNNONqoVbVw=/300x0:1350x1363/300x389/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/12/13/000_j28jm_KDNvZIb.jpg

Mesmo enquanto voa do Japão de volta para a Colômbia após o Mundial de Clubes, Reinaldo Rueda teve seu nome envolvido em negociações nesta segunda-feira. Depois da informação de que poderia estar próxima de acerto com o Corinthians, o jornal "El Colombiano" bancou a permanência do treinador à frente do Atlético Nacional, onde conquistou a Libertadores e ficou com o terceiro lugar no torneio intercontinental da Fifa.

Segundo a publicação, fontes próximas do clube garantiram que o treinador chegou a um acordo com a diretoria do Atlético Nacional quanto à cirurgia que precisará fazer no quadril em janeiro - justamente uma das pendências para o acerto com o Corinthians. Rueda deve ficar entre dois a três meses longe dos treinamentos por causa da intervenção cirúrgica e deixará seus homens de confiança Bernardo Redín (auxiliar técnico) e Carlos Eduardo Velasco (preparador físico) à frente do time colombiano.

Torcedores colombianos que retornaram do Mundial de Clubes nesta segunda-feira também confirmaram que, em papo informal com o treinador, ouviram garantias de que ele seguiria no comando da equipe para defender o título da Libertadores da América.

Último campeão da Libertadores, Reinaldo Rueda dirigiu a seleção colombiana entre 2004 e 2006, não conseguindo vaga na Copa do Mundo da Alemanha. Em seguida, levou Honduras para o Mundial da África do Sul e esteve na Copa no Brasil com Equador. No Atlético Nacional soma 112 jogos com rendimento de 66,6%.

 
AMADOR REGIONAL SÃO JOSÉ DO RIO PARDO Imprimir E-mail

 

CRUZEIRINHO EMPATA EM 1 X 1 COM A EQUIPE DO COFEE E COMPLICA SUA SITUAÇÃO PARA CLASSIFICAR MESMO SEM

TER PERDIDO NENHUM JOGO AINDA NA COMPETIÇÃO A EQUIPE DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA NÃO DEPENDE MAIS SÓ DE SUAS

FORÇAS PARA AVANÇA A SEMI FINAL, VEJA OS RESULTADOS E A CLASSIFICAÇÃO.


CRUZEIRINHO  1  X  1 CO0FE

GUARANÉZIA 2  X  3 MB SPORTS

VASCO  4  X  1 BOA ESPERANÇA


PRÓXIMA RODADA DOMINGO DIA 08/01/2017

08:30  -  CRUZEIRINHO  X  BOA ESPERANÇA

10:30  -  GUARANEZIA  X  COOFE

16:00 - VASCO  X  MP SPORTS


CLASSIFICAÇÃO :


GRUPO A

COOFE - 4 PTS

MB SPORTS - 4 PTS

BOA ESPERANÇA - 0


GRUPO B

GUARANÉZIA - 3 PTS

VASCO - 3 PTS

CRUZEIRINHO - 2 PTS

 

 

 

 
Real passa sufoco contra Kashima, mas Cristiano Ronaldo faz três e garante o penta Imprimir E-mail

http://s2.glbimg.com/ptB-cxt58zLGkhtilvWOk8Pexsc=/0x0:3082x1733/640x360/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/12/18/2016-12-18t111624z_125061384_mt1aci14706972_rtrmadp_3_soccer-clubfinal.jpg

Quem poderia imaginar que o clube mais rico do mundo, cheio de jogadores consagrados, passaria sufoco numa decisão de Mundial de Clubes contra o representante do país-sede? Foi exatamente o que aconteceu neste domingo, em Yokohama. O Real Madrid foi campeão com a vitória por 4 a 2 sobre o Kashima Antlers na prorrogação, após empate em 2 a 2 no tempo normal. Mas levantar a taça no Japão – a quinta do Mundial – se tornou uma tarefa muito mais árdua do que os espanhóis esperavam. Para delírio de sua legião de fãs, Cristiano Ronaldo fez três gols na decisão e garantiu mais um troféu num 2016 praticamente perfeito individual e coletivamente. Ainda igualou Pelé, então o único jogador a ter marcado três vezes numa final do torneio: em 1962, na vitória do Santos por 5 a 2 sobre o Benfica.

primeiro tempo

O Real Madrid entrou em campo com sua formação tradicional e o estilo de jogo consagrado. Toque de bola, domínio do meio de campo e muita movimentação. Foram nove minutos de jogo de um time só em campo, enquanto o outro tentava encaixar a marcação e se encontrar. Quando Modric pegou uma sobra na entrada da área, o goleiro Sogahata deu rebote e Benzema completou para o gol. Diante do quadro apresentado, a impressão que se tinha era de que os galácticos fariam mais em pouco tempo. De fato, tiveram boas chances, mas não conseguiram estufar mais a rede. O Kashima foi crescendo, ganhando espaço e atacando no embalo da torcida, que fez muito barulho. Chegando pelos lados, tentando nos contras e até em alguns chutes. Aos 44, o empate e explosão em Yokohama. Em boa jogada de Doi, a zaga cortou errado, e Shibasaki deixou tudo igual.

segundo tempo

O gol de empate do Kashima no final do primeiro tempo animou os japoneses e acendeu um sinal de alerta nos espanhóis. A etapa final veio com um panorama que poucos esperavam, com o time local tomando a iniciativa e chegando mais perto do gol. A virada saiu com Shibasaki, dono de boa jogada individual em finalização sem chances para Navas. Uma mistura de euforia e surpresa em Yokohama. Pressionado, só restaram aos galácticos o ataque. Vázquez caiu na área, o árbitro apontou pênalti. Tudo o que Cristiano Ronaldo precisava para empatar e respirar. Até o último minuto final, mais chances de gol para ambos os lados. Sergio Ramos, que já tinha amarelo, fez uma falta dura no fim. O árbitro foi em sua direção, ameaçou dar o cartão, mas desistiu. Acabaria sendo um lance decisivo.

PRORROGAÇÃO

O Kashima Antlers conseguiu um enorme feito ao chegar na decisão do Mundial de Clubes da Fifa, assombrou o mundo ao fazer dois gols no Real Madrid e levar a partida para a prorrogação. Mas não teve mais fôlego para segurar os galácticos e acabou levando dois gols. Até então fazendo uma partida apenas regular, Cristiano Ronaldo balançou a rede duas vezes para alívio dos espanhóis. Primeiro, em ótimo passe de Benzema, um dos melhores de todo o torneio. Depois, aproveitando um chute errado de Kroos. Dali para frente foi só fazer o tempo passar.

 
Santa Fé leva título colombiano e põe Junior Barranquilla na Libertadores Imprimir E-mail

http://s2.glbimg.com/x_Qrc4Z33-6lJOEIsPiALz8c4-8=/0x0:1706x1166/690x472/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/12/18/636177044776109195.jpg

Com um gol de Héctor Urrego, o Independiente Santa Fé derrotou o Tolima por 1 a 0, neste domingo, e conquistou pela 9ª vez na história o título do Campeonato Colombiano. O resultado definiu o último dos 47 times que disputarão a Taça Libertadores de 2017. Como já estava garantido, pelo menos, como o time como maior número de pontos somados durante todo o Colombiano, o Santa Fé acabou classificando o Junior Barranquilla, que entrou como o segundo maior pontuador no torneio.

Vice-campeão, o Tolima ficou fora da competição continental, pois o Millonarios, além do próprio Junior, somou mais pontos durante todo o campeonato nacional.

Sorteio dos grupos na próxima quarta

Dos 47 times, 28 vão direto para a fase de grupos, enquanto os outros 19 disputarão uma eliminatória prévia. Na primeira fase, em janeiro, jogarão equipes de Bolívia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, com três classificados para a segunda fase – quando entram Botafogo e Atlético-PR e outros 11 times. Dali, serão realizados mais dois mata-matas até avançarem quatro.

O sorteio dos grupos e de todos os confrontos acontece na próxima quarta-feira, dia 21 de dezembro, em Luque, no Paraguai, que é a cidade onde fica a sede da Conmebol.

Esses são os clubes classificados para a Libertadores 2017:

Argentina (6/6)
Lanús (fase de grupos)
San Lorenzo (fase de grupos)
Estudiantes (fase de grupos)
Godoy Cruz (fase de grupos)
River Plate (fase de grupos)
Atlético Tucumán (segunda fase)

Bolívia (4/4)
Sport Boys (fase de grupos)
Jorge Wilstermann (fase de grupos)
The Strongest (segunda fase)
Universitario de Sucre (primeira fase)

Brasil (8/8)
Chapecoense (fase de grupos)
Palmeiras (fase de grupos)
Flamengo (fase de grupos)
Santos (fase de grupos)
Atlético-MG (fase de grupos)
Grêmio (fase de grupos)
Botafogo (segunda fase)
Atlético-PR (segunda fase)

Chile (4/4)
Universidad Católica (fase de grupos)
Deportes Iquique (fase de grupos)
Colo Colo (segunda fase)
Unión Española (segunda fase)

Colômbia (5/5)
Atlético Nacional (fase de grupos)
Independiente Medellín (fase de grupos)
Santa Fe (fase de grupos)
Millonarios (segunda fase)
Junior (segunda fase)

Equador (4/4)
Barcelona (fase de grupos)
Emelec (fase de grupos)
El Nacional (segunda fase)
Independiente del Valle (primeira fase)

Paraguai (4/4)
Libertad (fase de grupos)
Guaraní (fase de grupos)
Olimpia (segunda fase)
Deportivo Capiatá (primeira fase)

Peru (4/4)
Melgar (fase de grupos)
Sporting Cristal (fase de grupos)
Universitario (segunda fase)
Deportivo Municipal (primeira fase)

Uruguai (4/4)
Peñarol (fase de grupos)
Nacional (fase de grupos)
Cerro (segunda fase)
Montevideo Wanderers (primeira fase)

Venezuela (4/4)
Zamora (fase de grupos)
Zulia (fase de grupos)
Carabobo (segunda fase)
Deportivo Táchira (primeira fase)

 
Torneio da Flórida tem nova tabela; Corinthians, São Paulo e Vasco jogam Imprimir E-mail

http://s2.glbimg.com/0-T_KFsC8dACJ5vcWhYwU8OwTLc=/0x0:3999x2250/690x388/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/12/15/floridacup.jpg

A organização do Torneio da Flórida atendeu às necessidades dos clubes brasileiros e divulgou alterações em sua tabela nesta quinta-feira. Principais interessados nas mudanças, Corinthians e São Paulo tiveram suas estreias adiadas e podem até se enfrentar na final se vencerem essas partidas. O Vasco teve sua chave mantida.

A mudança nos planos ocorreu por conta do adiamento da última rodada do Campeonato Brasileiro, depois do acidente com o avião da Chapecoense, o que atrasou as férias dos jogadores em uma semana – do dia 5 de dezembro para o dia 12.

Dessa maneira, os clubes da Série A tiveram de se mexer para conseguir dar os 30 dias de férias aos quais seus funcionários têm direito.

O Timão estrearia no dia 15, contra o River Plate, mas agora só joga no dia 18, diante do vencedor de Vasco e Barcelona, do Equador. Já o São Paulo jogaria contra o Shanghai SIPG, da China, no mesmo dia, mas só entra em campo dia 19. O Tricolor enfrenta o vencedor de River Plate x Millonarios, da Colômbia. A final está marcada para o dia 21.

 
Loco Abreu vestirá a camisa 113 na apresentação no Bangu Imprimir E-mail

http://s2.glbimg.com/-Em7IakSok-PnhtEgOZEFE_ci6U=/0x0:853x1280/350x525/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/12/15/camisa_2017_7.jpeg

Uma das contratações mais badaladas entre os clubes que vão disputar o Campeonato Carioca no ano que vem, Loco Abreu será apresentado de maneira oficial no próximo dia 27 de dezembro no Bangu. O clube divulgou nesta quinta-feira alguns detalhes de sua apresentação, como a camisa que será utilizada pelo uruguaio: a 113, em alusão à idade que o Alvirrubo completará em 2017.

Esse será o primeiro contato de Loco Abreu com os torcedores do Bangu. Diretor-executivo do clube, Luiz Henrique Lessa destacou o projeto de reestruturação da equipe dentro e fora das quatro linhas.

- A vinda do Loco Abreu é, com certeza, uma medida muito importante para a montagem de um time competitivo em 2017. Não iremos apenas participar do campeonato, viremos para brigar. Ainda assim, essa é apenas uma medida dentre tantas outras que já estão ocorrendo na gestão do Bangu - disse Luiz, que completou:

- Iniciamos um projeto de reestruturação completa do clube, que tem grandeza, glórias e conquistas. O projeto visa levar o Bangu de volta à elite do futebol brasileiro. A partir de agora, a torcida banguense pode esperar por um clube mais forte dentro de campo, mas muito mais sólido e consistente fora dele. Em breve lançaremos um programa Sócio Torcedor sob medida para os apaixonados banguenses, além do processo de resgate das categorias de base. Estamos muito comprometidos com o projeto e esperamos que a torcida e todo o bairro também acolham as nossas iniciativas para que sejam o 12º elemento nessa trajetória - afirmou o diretor executivo.

 
Cristiano Ronaldo marca no fim em lance com vídeo, Real vence e faz final contra Kashima Imprimir E-mail

http://s2.glbimg.com/9DR-VdycQFHkuKVIuMSf3H5vzc8=/0x125:3859x2297/640x360/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/12/15/2016-12-15t112418z_124802658_mt1aci14704658_rtrmadp_3_soccer-clubsemi.jpg

O Real Madrid desembarcou no Japão reclamando de cansaço. Afinal, o venceu o La Coruña no sábado, pelo Espanhol, e encarou uma viagem de 13 horas no dia seguinte. Diferença de horário, sobrecarga muscular e desgaste foram apontados pelo técnico Zidane como fatores que poderiam dificultar a vida da equipe. De fato, nesta quinta-feira, em Yokohama, os galácticos apenas jogaram para o gasto e venceram por 2 a 0 o América do México na semifinal do Mundial de Clubes. São 36 jogos sem derrota. Os gols foram marcados por Benzema, no último minuto do primeiro tempo, e Cristiano Ronaldo, no último minuto do jogo - este com o recurso da tecnologia para definir se o português estava ou não impedido, o que deixou todos muito confusos no estádio, já que o árbitro Enrique Cáceres chegou a anular e depois voltou atrás. O adversário na final será o Kashima Antlers, no domingo, às 8h30 (de Brasília).

primeiro tempo

O primeiro tempo começou com o América seguindo as recomendações de seu treinador. Na véspera da partida, Ricardo La Volpe havia comentado que seu time teria que jogar com inteligência com e sem a bola. A marcação alta dificultou um pouco a saída de bola do Real. Pela direita, Ibarra aproveitou os avanços de Marcelo ao ataque para tentar jogadas de profundidade. Navas chegou a fazer boas defesas em chute de Ibarra. Porém, aos poucos os galácticos foram tomando conta do meio-campo e ganhando território no ataque. Cristiano Ronaldo se movimentou bem, chegou a acertar a trave de cabeça. Modric ditou o ritmo do time, e Benzema abriu o placar nos acréscimos após receber assistência de Kroos. Era o que o Real precisava para ter ainda mais tranquilidade no jogo.

segundo tempo

A vantagem no placar deixou o Real tranquilo e com o jogo nas mãos. A proposta de jogo do América era evitar levar um gol, caso contrário dificilmente teria forças para reagir. E foi o que aconteceu: não apresentou qualidade suficiente e também faltou perna para buscar o empate. La Volpe ainda fez mudanças, mas sem sucesso. O time de Zidane tocou a bola como quis, chegou várias vezes ao ataque, principalmente pelo lado direito. Perdeu boas chances, a melhor delas, acreditem, com Cristiano Ronaldo. O dono da Bola de Ouro cabeceou livre na área, sem marcação, mas errou completamente o alvo. Zizou ainda colocou em campo James Rodríguez e Morata, mas a equipe espanhola colocou o pé no freio. Só no fim do jogo, depois de muito tentar, Cristiano Ronaldo bateu na saída do goleiro e definiu o placar. No lance, a arbitragem usou o recurso de vídeo para analisar o posicionamento do atacante.

 
Com gol contra brasileiro, Jeonbuk vence e termina Mundial em quinto Imprimir E-mail

http://s2.glbimg.com/2JsCN8B74NJxzuRa44fgZ1Eck3s=/0x0:1999x1320/690x456/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/12/14/2016-12-14t093921z_97675933_rc12f6972a70_rtrmadp_3_soccer-club-mamelodi_3AFHvRS.jpg

O campeão asiático, Jeonbuk Motors, terminou o Mundial de Clubes na quinta colocação após vencer o Mamelodi Sundowns, dono do título na África, por 4 a 1, na madrugada desta quarta-feira. O triunfo contou com uma ajuda do brasileiro Ricardo Nascimento, que marcou um gol contra na partida. Os coreanos Bo-Kyung Kim, Jong-Ho Lee e Shin-Wook Kim completaram a goleada em Suita, enquanto o sul-africano Percy Tau descontou.

O time coreano caiu fora da disputa no Japão após perder para o América-MEX nas quartas de final. Foi a segunda participação da equipe coreana no Mundial. Campeão asiático em 2006, o Jeonbuk foi eliminado, na ocasião, pelo mesmo algoz nas quartas. Se vencesse os mexicanos em 2006, o duelo na semifinal seria contra um gigante espanhol: o Barcelona.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Pagina 1 de 362